sábado, 13 de outubro de 2007

COSPLAY SHOWROOM -- 10 anos de Cosplay!

12/10/1997 -- Não é todo dia que eu posso dizer isso, mas eu sei exatamente onde eu estava nesta hora e nesta data, há 10 anos e um dia atrás.

17 anos, pesando (bem) mais do que peso hoje, vestida de verde numa fila cheia de jovens loucos por animação japonesa e na expectativa do 1º evento realizado apenas fãs de anime e mangá -- a MANGÁCON II (a Mangácon I havia sido realizada um ano antes apenas para membros internos da ABRADEMI, Associação Brasileira de Desenhistas de Mangá e Ilustração, a entidade que organizava o evento.)


Eu e meus amigos esperávamos por esse evento há meses. Anunciado pelo jornalzinho da Abrademi, que assinávamos, a maior expectativa era de usar cosplay -- algo que víamos na revista Animax e parecia maravilhoso, embora não tivéssemos onde usar. A Mangácon II parecia a oportunidade perfeita para a "empreitada".



Optei por fazer Yusuke, de YuYuHakusho, um anime que tinha estreado recentemente na Rede Manchete e virado mania entre os otakus. Mas quando cheguei de uniforme e andando gingado, muita gente olhou estranho -- menos o sujeito vestido de Kuwabara, que puxou "briga" comigo e só percebeu que eu era menina no meio da "luta" =)

(Bons tempos em que brincar era permitido e ninguém tinha medo de ser mal interpretado por repórteres fantasticóides).




E o dia correu assim, cercados de pôsteres e músicas de anime, conhecendo pessoas novas, trocando "fansperiências", cantando, dançando e participando do concurso de cosplay -- que não chegou a 30 participantes (e do qual saí em 2º lugar, e cheia de vontade de fazer mais).


Algo que poderia passar perfeitamente por uma festinha de aniversário, não fosse o "cosmo" frenético emanado pelos presentes, que nunca tinham vivenciado um dia inteiro cercado e dedicado àquilo que eles mais gostam.



Hoje, um evento como a Mangácon II seria considerado risível, menor que o menor dos atuais eventos que se realizam em todo o Brasil. No entanto, se não tivesse sido o Mangácon, sabe-se lá se hoje teríamos eventos pelo país afora, Anime Friends com cantores internacionais, Brasil participando de World Cosplay Summit.

Se contassem pra nós, na época, que em dez anos o Brasil teria tudo isso -- nem precisa tanto, bastava dizer que haveriam mangás publicados normalmente nas bancas -- nós riríamos e diríamos que "você está sonhando" (como algumas pessoas disseram e ouviram). O Mangácon foi o primeiro passo à comprovação da existência de um nicho e um mercado a ser explorado.





...E hoje eu -- apresentadora, juíza, fanzineira, roteirista de quadrinhos e redatora de revistas informativas de mangá e anime -- dez anos e 31 cosplays depois (sem contar aqueles em andamento...), pretendo passar esse dia de uma das maneiras como mais gosto: cercada de amigos, fãs de mangá e anime, cosplayers. Não em algum evento, mas nos preparando para um.

A mesma alegria, a mesma expectativa de quando eu provava um uniforme verde quando eu era só uma adolescente.


Certas coisas não mudam.




foto 5: Os dubladores Ulisses Bezerra (Shun), Élcio Sodré (Shiryu) e Letícia Quinto (Saori)




Fanzineiros ( 2º à equerda, Cláudia Almeida, que veio a se tornar conhecida cosplayer também)




foto 1: Conseguem me encontrar? =)
foto 2: Sem medo de queimar meu filme: meu primeiro cosplay
foto 3: Os participantes do 1º concurso de cosplay
foto 4: A cantora de karaokê Celina Yamao, presença constante nos eventos da ABRADEMI


fotos 1, 3, 4, 5 e 6 : ABRADEMI
foto 2: Arquivo pessoal

7 comentários:

rodolfo disse...

muito legal ter como um ponto marcante da vida como yuyu hakusho,eu sempre lembrava do anime mais parece que hj em dia os otakus esqueceram o que começou tudo,tava lendo a NEOtokyo que tem uma materia sobre yuyu 10 anos ,e ele comentaram desse evento tbm na materia MANGACON,evento que eu nuna tinha ouvido falar e que essa semana pela segunda vez vejo esse nome!! é muito bom relembrar esses tempos em que viamos anime na Tv com qualidade!! ;D
mas,eu tenho um pegunta !!!
Na materia citada por(axo que a ediçao era 21)
eles comentaram sobre a banda que fez a musicas para o anime versão brasileira!
Vc viu algum show dessa banda?

Jefferson Kayo disse...

Meu, eu lembro de vc com esse cos na Mangacon III, o primeiro q eu fui.

Não fui no II por motivos de força maior, eu me lembro bem... hahaha

Mas olhando pra trás agora, realmente, aqueles eram bons tempos. Eu não me canso de falar isso.

Épocas mais simples, talvez pq fôssemos mais jovens.

Talvez não, certeza.

sandra monte disse...

E eu estava lá também.

Fala a verdade Petra, estamos "véias". hahahah ha hahah

Florisvaldo^_^! disse...

Nossa! De um lado, a Petra, que um dia eu vi nas páginas da Animax 36 como Sakura de Street Fighter. De outro, a Sandra Monte, que nessa mesma sessão de fotos, tava de Mestre Indra (Shurato). É demais pra mim^^.

Galera, isso é História com agá maiúsculo! Apesar de eu ter sido levado por caminhos diferentes dos da Abrademi (e o meu 1º evento foi o Animecon 2000), os Mangácons também são história. Ninguém se arriscava a prever o futuro dos fãs de animes no Brasil...nem mesmo prever o seu próprio futuro.

Já dá pra fazer um livro de fotos, ou uma tese de mestrado, ou um curta metragem, um documento definitivo sobre esses primeiros anos do movimento otaku brasileiro^^! Como sempre, eu sonhando alto...

Petra, vc tá me lembrando de mim mesmo no ano passado, quando eu me esbaldei o ano todo comemorando meus 10 anos de otaku XD!

(escreveu Florisvaldo, lembrando do que fazia há exatos 10, 11 anos e disfarçando uma furtiva lágrima...)

Christiane disse...

Oi petra, aqui é a Chris do orkut que táfazendo monografia. Olha só, eu gostaria de ter essas matérias das primeiras convenções para enriquecer o trabalho.

Qualquer coisa eu te dou os meus tels de contato.

Abraços

Aniki disse...

Realmente o tempo passou, não é mesmo???
Nessa época eu sequer sabia da existência desse evento, só tinha ouvido falar da ABRADEMI. Mas não era um frequentador assíduo da Liberdade(só passei a fazer isso um ano depois, indo atrás de VHS de anime em japonês mesmo ou qualquer episódio de tokusatsu que aparecesse eu pegava :P), o que eu mais fazia era ler a Animax, Herói e as demais revistinhas, além de acompanhar Yu Yu Hakusho na Manchete e Power Rangers Zeo na Globo(na falta do original servia o genérico mesmo XD)

Só corrigindo, Petra, o dublador da foto na verdade é o Ulisses Bezerra, irmão do Wendell

E também lembro quando você apresentava o cosplay e karaoke no Animecon. Não me esqueço até hoje depois que cantei We Gotta Power no Animecon 2001 você falando: gente, ele não cantou, ele deu um show hehehe(tá certo, que os malabarismos ajudaram um pouco)

E depois a gente ainda participaria do concurso do Animangá World em 2002...

Quanta coisa vivenciamos e a gente às vezes nem percebe o tempo passar, não é mesmo??

Ah, sim. A Claudia Almeida agora se aventura mais no animeke também ^^

Beijão, Petra!!

Petra Leão disse...

Opa, Aniki!

Valeu pelo toque!

Como você pode ver, eu só troquei os nomes... é que o Ulisses sumiu geral, ultimamente só se fala no Wendell (que virou um dos dubladores mais pops da atualidade!), daí o ato falho.

Mas nunca vou esquecer do Ulisses dublando o Shun... =)